Amigo Especialista

O Plano de Manutenção Brasif Máquinas é tranquilidade para seu negócio e economia para seu bolso.

ATENDIMENTO CONTÍNUO E OTIMIZAÇÃO

Quando exatamente acaba uma venda? Esta é a pergunta que todas as empresas tentam responder da melhor forma possível ao prospectar um novo negócio. A ideia de um atendimento continuado pode ser a diferença entre um contrato fechado ou a perda para um concorrente que, às vezes, pode até oferecer uma solução inferior mas com um atendimento com maior impacto.

Diferenciar entre fornecedores que estão preocupados somente em entregar um produto e receber seu pagamento e aqueles que serão capazes de oferecer seus serviços após o negócio fechado tornou-se o principal mantra dos profissionais de área de compras. O que outrora posicionava-se como um extra na negociação passou a ser o elemento principal a ser negociado como uma forma de buscar uma proteção ao investimento da empresa e garantir a otimização do uso dos equipamentos.

A pós-venda é um assunto que ganhou tanta importância no mundo corporativo, que em 2005 foi criado o Instituto Internacional de Serviço ao Cliente (TICSI, na sigla em inglês) que rege uma série de padrões de atendimento. O instituto é a “prova viva” de que a preocupação em diferenciar um verdadeiro serviço de pós-venda de promessas vazias entra como prioridade dentro de clientes de primeiro escalão.

O próximo passo deste tipo de atendimento é o próprio fornecedor criar ferramentas para um atendimento espontâneo, ao invés de esperar a demanda surgir, evitando que o contato surja em momentos de maior necessidade para “apagar incêndios” como problemas de manutenção ou mal uso. Este pós-venda ativo é uma forma de o fornecedor mostrar-se realmente engajado nos negócios de seus clientes para além de um negócio fechado. 

Visando este tipo de atendimento a Brasif Máquinas criou o Programa Amigo Especialista. Neste modelo a própria distribuidora faz um levantamento de seus clientes com maior demanda e agenda visitas pontuais para acompanhar e identificar possíveis falhas na operação e pontos de melhoria.

A visita gera alguns relatórios com documentação de imagens e laudos técnicos que embasam uma série de sugestões para que o cliente possa otimizar sua operação. A ideia é que o serviço sirva como um auxílio para melhorar a operação de forma a gerar menos desgaste, menos custos operacionais e maior eficiência.

Um serviço de pós-venda ativo, que vai até seus clientes e os ajuda a criar uma inteligência capaz de fazer o melhor uso possível dos equipamentos adquiridos. Para um bom fornecedor a venda nunca termina, fechar um negócio é garantir um vínculo, oferecer a ideia de uma operação funcionando perfeitamente para além das máquinas. Ai é que está o segredo.